in

Repórter que denunciou Datena de assédio toma decisão surpreendente

Fotomontagem: Band/Beto Barata PR

Recentemente um boato chocou os internautas, a denúncia feita por Bruna Drews e encaminhada ao ministério público contra o apresentador e também jornalista José Luiz Datena, vem causando contradições no âmbito público.

Publicidade

Isso por que se de um lado, Datena nega veementemente qualquer suposto tipo de abuso, do outro, a jornalista está com a consciência limpa da grave acusação proferida ao ancora do Brasil Urgente.

A história ganhou mais um episódio, pois, Bruna que estaria longe das telinhas desde julho, informou que não está com a menor das vontades de retornar aos holofotes.

Publicidade

Bruna, 35 anos, já vinha tendo crises de pânico e depressão desde 2017, por causa de ameaças que recebia de bandidos e da pressão do trabalho no Brasil Urgente, da Band. As palavras de Datena, no entanto, teriam mudado a sua vida.

Publicidade

Ainda sobre o assunto, a moça teria segurado o problema, porque segundo ela, precisava do seu salário para arcar com suas dívidas, mas a gota d’ água veio quando ela e Datena estavam em um bar, onde o apresentador teria passado de todos os limites na ocasião, não se tem informações sobre mais detalhes deste ocorrido.

Publicidade

Como se não bastasse, o âncora ainda teria dito que por diversas vezes já teria se aliviado pensando na moça, e que era um verdadeiro desperdício sua escolha por meninas, lembrando que Bruna é lésbica.

Nos três meses seguintes, Bruna mergulhou numa profunda depressão. Mesmo assim, decidiu mover uma ação trabalhista contra a Band, na qual cita o suposto assédio e acusa a emissora de ter sido conivente com Datena.

Datena também está movendo um processo contra Bruna por injúria e difamação. O apresentador nos últimos dias reiterou sua posição íntegra e idônea na televisão, dizendo que Bruna passou por diversos problemas, nos quais ele mesmo teria ajudado. Até o momento, a Band não se pronunciou sobre o caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade