in

Gasto mínimo para ter uma arma em casa é revelado e valor surpreende

Fonte: Exame

O indivíduo que optar por comprar um revólver ou uma pistola depois da regularização das novas determinações para a posse de armas deverá investir o valor de pelo menos R$ 3,7 mil para que consiga regularizar as regras, obedecendo a todos os pré-requisitos impostos pela legislação. No montante está inserindo a aquisição do armamento, além dos documentos determinados para conseguir a liberação da posse. 

Publicidade

O revólver considerado menos oneroso em lojas que divulgam produtos de armamento na Internet, oferecem um .38 com cinco tiros, em torno de R$ 3,1 mil. As lojas de armas no Brasil vendem revólveres .22 na faixa de R$ 4 mil. Já o modelo da pistola que pertence ao mesmo calibre pode ser comprada a partir de R$ 6 mil. 

O revólver .36 poderá ser solicitado mediante o pagamento de R$ 4 mil, enquanto a pistola .380 pode ser obtida no montante de R$ 5 mil – os preços citados são para vendas online, podendo serem diferentes na loja de área física.

Publicidade

A aquisição para adquirir uma arma ainda engloba outros custos conforme a legislação brasileira determina. Tendo que realizar o pagamento de R$ 88 para a Polícia Federal (PF) com o objetivo de conseguir o registro para posse do revólver na residência ou no ambiente de trabalho. Com a simplificação das regras da posse de armas, a validade pertinente ao Certificado de Registro de Arma passou a ser de 10 anos. 

Publicidade

A mudança na lei também estabelece que no momento de pedir o registro, quem pleiteia o direito deve obedecer a regra pertinente ao indivíduo que vive ou trabalha em local que moram crianças, adolescentes ou pessoas com deficiências mentais, devendo utilizar um cofre ou ambiente seguro para trancar a arma. 

Publicidade

O interessado em adquirir uma arma necessita passar por uma avaliação psicológica para assegurar que está com condições mentais para possuir uma arma na residência ou em local de trabalho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora