in

Venezuelanos enviam mensagem para Bolsonaro e conteúdo impressiona

Fonte: Gazeta do Povo

Um grupo de pessoas nascidas na Venezuela se manifestaram na última quinta-feira em frente ao Palácio do Itamaraty na cidade de Brasília, solicitando que o presidente Bolsonaro não permitisse que seus vizinhos ficassem “sozinhos”, também solicitaram que ele exercesse “pressão” diante do governo de Nicolás Maduro.

Publicidade

“Pedimos que o governo brasileiro siga o estipulado pelo Grupo de Lima e não reconheça o governo ilegítimo do ditador Maduro”, disse à Agência Efe Alberto o membro responsável no Brasil pelo grupo ‘Soy Venezuela’ (traduzindo para o português seria Sou Venezuela). 

Os venezuelanos entregaram ao Itamaraty um importante documento destinado ao Bolsonaro bem como para o chanceler Ernesto Araújo com o objetivo de denunciar o que classificam como “fraude eleitoral”. Eles militam contra o governo do atual líder da Venezuela. 

Publicidade

O documento redigido falava o seguinte: “Desde aquele dia, ninguém tem dúvidas de que é impossível legitimar um regime que decidiu romper com o direito internacional para revelar-se uma ditadura totalitária, atroz e violadora sistemática dos direitos humanos”. 

Publicidade

Pediam para Bolsonaro, que foi classificado como pessoa que está em defesa dos “amigos da liberdade”, sendo pessoas que combatem o atual regime de Maduro, destaca-se que os membros vistos como apoiadores são formados por Brasil, além de 13 países do continente americano, haja vista que declararam não reconhecer a posse de Maduro. 

Publicidade

O acordo elencado foi ignorado apenas pelo México, tendo sido aprovado países que não apoiam as medidas de Maduro, tendo solicitado ao presidente que desse o poder à Assembleia Nacional do país. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por Andressa Cavalcante

Bacharel em direito, também possui formação no curso de Análise e desenvolvimento de sistemas, há 3 anos que trabalha como colunista em sites. Trabalha como Gerente de Mídia Social na página Garota Conservadora assim como em Loucos por Armas ambos do Facebook, no Instagram administra os perfis @versosdadireita e @blogconservadora