in

Foram os espíritos? Morte misteriosa de Padre Quevedo choca o Brasil

Foto/Montagem: UOL/ Fernando B.

Morreu nesta quarta-feira, 9 de janeiro, o religioso conhecido como Padre Quevedo.  A morte ocorreu no final da manhã, mas não havia sido revelado o motivo do falecimento do pároco, que ficou famoso pelo bordão ‘Isso non exciste’. 

Publicidade

Nas redes sociais, muitos fãs ficaram apreensivos com a perda. Além disso, alguns lembraram do trabalho essencial de Quevedo, lidando com supostos espíritos diabólicos. Ele ficou conhecido por desvendar gente que era charlatã, ou que dizia estar sendo vítima de fenômenos paranormais. 

Padre Quevedo acabou  virando um dos maiores parapsicólogos do mundo, participando de programas como o Fantástico e o ‘Programa do Ratinho’, exibido pelo SBT. 

Publicidade

Relembre a trajetória de Padre Quevedo, um dos maiores parapsicólogos do mundo

Oscar Gonzalez Quevedo Bruzan, o Padre Quevedo, de 88 anos, morreu  em Belo Horizonte. A assessoria de imprensa da Casa Jesuíta não divulgou a causa da morte nem o local do velório, alegando que a cerimônia será restrita a amigos e parentes. O enterro está marcado para esta quinta-feira (10), às 11h, no Cemitério Bosque da Esperança.

Publicidade

Padre Quevedo morava desde 2012 na residência Irmão Luciano Brandão, no Bairro Planalto, na capital mineira, onde ficam jesuítas idosos e com problemas de saúde.

Publicidade

O nome do religioso acabou  se tornando um dos principais das redes sociais, chegando ao topo do Twitter. 

Jesuíta espanhol radicado no Brasil, aparecia no Fantástico para desvendar fenômenos da natureza e desmascarar charlatões. Ficou famoso pelo bordão “Isso non ecziste”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.