in

Demitido? Vídeo de Faustão a Bolsonaro não funciona e apresentador paga caro

Foto/Montagem: UOL/ Veja / Fernando B.

O apresentador Fausto Silva ainda está sendo atacado por uma fala em seu programa no último domingo, 6 de janeiro. Nele, o comunicador disse que quem estava no poder era “imbecil” e “idiota”.  Isso fez com que muitas pessoas atacassem o famoso. Fãs de Jair Bolsonaro pregaram boicote, demissão e até prisão do comunicador. 

Publicidade

Faustão então decidiu gravar um vídeo, que soava mais como pedido de desculpas. Nele, ele esclarecia que jamais falou mal do presidente Bolsonaro em seu programa.  Nesta terça-feira, 8 de janeiro, o colunista Maurício Stycer, do UOL, diz que o vídeo de Faustão saiu ainda pior do que o próprio programa e o apresentador tem pago um preço muito caro.

No Twitter, a reação ao vídeo de Faustão não foi boa. Apoiadores de Bolsonaro não se convenceram com as explicações e continuaram ofendendo o apresentador. Já os críticos do presidente, que haviam entendido o desabafo de domingo como dirigido a Bolsonaro, manifestaram decepção com o esclarecimento.

Publicidade

Ou seja, ele foi duplamente derrotada na questão. O grande erro de Fausto e, especialmente de sua produção, foi não ter cortado a fala sobre política, que ficou perdida em um programa gravado.

Publicidade

Ainda que não tenha falado de Bolsonaro, mostrar isso como se fosse inédito dias depois da posse do presidente, explica o porquê o discurso do comunicador repercutiu tanto.

Publicidade

A briga entre os lados é ainda pior para a Globo, que ainda se vê vítima de um projeto de lei que pode tirar recursos da sua publicidade. O anúncio foi feito pelo deputado federal,  Alexandre Frota, em entrevista à Folha. Sem dar muitos detalhes, Frota disse que discutiria o projeto com as emissoras concorrentes da Globo. 

Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.