in

Em vídeo, Ministra Damares Alves chama gays de ‘aberração’ e ‘doença’

Foto/Montagem: Notícia ao vivo

A Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, provocou grande polêmica ao falar que “Menino veste azul e menina veste rosa”.  Neste sábado, 5 de janeiro, Damares voltou ao foco. Dessa vez, graças a alguns vídeos gravados entre 2013 e 2014, quando ela participou de um seminário voltado à sexualidade entre evangélicos. 

Publicidade

Nas imagens, a Ministra, que criou polêmica com famosos, está comparando a homossexualidade à uma doença. Para a OMS, a Organização Mundial de Saúde, desde o século XX já ficou claro que homossexualidade não é doença, pois não pode ser tratada, tampouco causa qualquer tipo de prejuízos a quem se entende dessa forma. 

Sobre a relação entre pessoas do mesmo sexo, Damares acredita que isso é uma aberração. Nos vídeos, ela chega a dizer para os seus ouvintes que editem o que ela fala, caso estejam gravando. Isso porque a ministra do governo do presidente Bolsonaro garante que, caso o material vaze, ela vai ter problemas.

Publicidade

Veja abaixo um dos vídeos que mostra Damares provocando a ira de gays, ao falar que homossexualidade é uma doença:

Publicidade

Já no vídeo abaixo, o foco é a identidade de gênero, que ela critica que seja ensinada nas escolas:

Publicidade

Ministra ligada às pastas das minorias, Damares Alves fala ainda que é contra a discussão de homofobia nas escolas. Sobre identificação de gênero, a ministra de Bolsonaro soltou a seguinte afirmação: “Se identidade de gênero é aquilo que eu acho que eu sou, eu posso dizer que sou um coelho. Então, o homem tem uma identidade biológica, macho, e tem uma identidade de gênero?”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.