in

Famosos tentam lacrar contra Bolsonaro, mas passam vergonha

Fotomontagem: Notícia ao vivo/Fernando Borges

Essa foi uma semana muito movimentada no mundo dos famosos e da política. Uma declaração da Ministra Damares, que faz parte do governo do presidente Jair Bolsonaro levou à fúria muitas celebridades. O problema é que algumas sofreram duras consequências. 

Publicidade

A Ministra disse a já famosa frase ‘Menino veste azul e menina veste rosa’. Com isso, celebridades começaram a postar fotos vestindo as peças. Quem era homem aparecia de rosa e famosas mulheres preferiram o azul. Tudo em um protesto que se tornou viral. 

No entanto, os eleitores de Bolsonaro acabaram sendo cruéis. Luciano Huck, por exemplo, publicou uma foto ao lado da esposa, a apresentadora Angélica.  Ele de rosa, ela de azul. Logo, fotos dos dois saindo com os filhos bombaram. Nelas, os meninos do casal usavam azul e a menina, Eva, rosa.

Publicidade

Huck então voltou a falar sobre o tema e disse que sempre torceu a favor do governo de Jair Bolsonaro. “Mas torcer a favor, não significa que não estaremos vigilantes e atentos a deslizes, equívocos, injustiças ou que vamos pactuar com ideias retrógradas ou sectárias. E realmente acho que a fala da ministra sobre a “coloração de gêneros” foi muito infeliz. Só isso”, disse o comunicador em sua defesa.

Publicidade

Outro famoso que teve problemas com  esse tipo de assunto foi Bruno Gagliasso. O ator, que está no  ar em ‘O Sétimo Guardião’, publicou uma foto usando uma blusa rosa.  Mas tudo indica que Bruno, na verdade, teria usado photoshop em uma foto antiga, na qual aparece vestindo azul. 

Publicidade

A suposta montagem foi publicada pelo maquiador e apoiador de Bolsonaro, Agustin Fernandez.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.