in

Fernanda Abreu bate de frente com Bolsonaro e polemiza sobre Rouanet: ‘fundamental’

Foto/Montagem: Notícia ao vivo

A cantora Fernanda Abreu esteve nesta sexta-feira, 5, na RedeTV!. Ela teve uma importante conversa com a apresentadora Mariana Godoy, onde um dos temas foi a Lei Rouanet. É o que mostra uma matéria do site Notícia ao vivo. De acordo com Fernanda, impressiona a forma como o brasileiro lida com a cultura. 

Publicidade

Em outro momento, após saber sobre como o presidente do Brasil vê a Rouanet, Fernanda observou e disse que o melhor era não acabar com uma lei que vê como importante.

Durante a campanha eleitoral, o líder do PSL chegou a dizer várias vezes que a “mamata” ia acabar. Artistas que receberam recursos relacionados a Lei Rouanet também foram alvos de críticas dos eleitores do político. 

Publicidade

Para Fernanda Abreu, a lei tem que ser transformada. Ela concorda, no entanto, que é preciso ter cuidado na aprovação de projetos e quem é que vai receber o benefício. 

Publicidade

Ainda sobre a Lei Rouanet, Fernanda Lima foi clara: “Na verdade, a lei deveria beneficiar novos talentos, de várias regiões do Brasil, porque fica um pouco mais concentrada no Sudeste, em São Paulo e no Rio“, começou ela a falar sobre essa polêmica legislação em um momento que o país sequer possui Ministério da Cultura (a pasta foi extinta por Bolsonaro). 

Publicidade

A cantor Fernanda Abreu continuou a dar sua opinião no programa de televisão de Mariana Godoy: ‘Então acho que ela pode ser melhorada, aperfeiçoada, mas a gente não tem que demonizar a lei. É uma possibilidade do povo ter mais produção cultural”, concluiu a cantora, que ficou conhecida por canções como ‘Rio 40 graus’. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.