in

Lula soube de decisão de ministro de soltar presos em 2ª instância antes da publicação, diz site

Reprodução / Câmara dos Deputados / Agência PT

A decisão do ministro Marco Aurélio Mello, na semana passada, de conceder liminar para soltar presos condenados em segunda instância beneficiaria o preso mais famoso do Brasil, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Publicidade

Lula está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, cumprindo pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele foi condenado pelo Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4).

A prisão impediu que Lula concorresse à Presidência da República devido à Lei da Ficha Limpa, que impede condenados de concorrer a cargos eletivos. Os petistas classificam essa decisão como absurda e o próprio Lula chegou a dizer que se tivesse concorrido, teria vencido o presidente eleito Jair Bolsonaro.

Publicidade

A medida que beneficiaria Lula e outros 160 mil presos foi rejeitada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, após pedido da procuradora-geral da República Raquel Dodge.

Publicidade

Mas antes que isso acontecesse, a defesa de Lula entrou com pedido de liberação para o ex-presidente na 11ª Vara Criminal de Curitiba. O site Sputniks revelou, nesta sexta-feira, em vídeo publicado em seu canal no YouTube, que a defesa do ex-presidente teria criado documento da petição 18 minutos antes da decisão de Marco Aurélio Mello ser publicada.

Publicidade

Essa informação levanta a suspeita de que a defesa do ex-presidente teve acesso à informações privilegiadas e soube antes de todo mundo que o ministro Marco Aurélio Mello decidiria a favor dos presos em segunda instância.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!