in

Delação de Palocci é divulgada e revela ‘guerra jurídica’ contra Lula

Reprodução / Nexo

Antonio Palocci foi um dos homens de confiança de Luiz Inácio Lula da Silva enquanto este ocupava a presidência da República, entre 2003 e 2010. Palocci ocupou o cargo de ministro da Fazenda e tinha livre trânsito com o principal líder do Partido dos Trabalhadores (PT).

Publicidade

Preso desde abril na sede da Polícia Federal, em Curitiba, cumprindo pena de 12 anos e um mês pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva, Lula já não conta com a simpatia de Palocci. Na última quinta-feira (6), foi divulgado a íntegra da delação do ex-ministro.

A partir da divulgação em portais, revistas, jornais e dos cinco minutos de reportagem no Jornal Nacional, exibido pela Rede Globo, surgiu uma guerra de acusações de ambos os lados.

Publicidade

Do lado de Palocci, as acusações são a própria delação. Do lado de Lula, a defesa do ex-presidente afirma que Palocci está ganhando vantagens, como prisão domiciliar e devolução de parte do dinheiro, para fazer acusações contra Lula.

Publicidade

Após a divulgação da delação, a defesa de Lula divulgou nota. No texto, a defesa do ex-presidente diz que Palocci foi confrontado e teria reconhecido alguns pontos.

Publicidade

“(1) recebeu benefícios de redução de pena e também patrimoniais com sua delação; (2) que um dos temas tratados em sua delação diz respeito a medidas provisórias; e que (3) foi advertido pela autoridade policial que firmou o acordo que se a narrativa do ex-ministro não for confirmada ele poderá perder os benefícios recebidos“, diz a nota.

Segundo a defesa, Palocci não é uma testemunha que fala com isenção, mas sim alguém interessado em manter as vantagens que obteve na delação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!