in

Polícia procura assassinos do médico Roberto Kikawa

Reprodução / G1

A violência nas grandes cidades faz muitas vítimas a cada dia. Na noite do sábado (10), um dos médicos mais famosos do Brasil foi morto durante um assalto na região do Ipiranga, zona sul da cidade de São Paulo.

Publicidade

O gastroenterologista Roberto Kunimassa Kikawa foi morto a tiros dentro de seu veículo. Kikawa tinha 48 anos e ficou famoso nacionalmente por ter fundado a Carreta da Saúde, em 2008.

A iniciativa, elogiada em todo o país, leva atendimento médico especializado para pessoas de baixa renda. O Sistema Único de Saúde (SUS) é o responsável pelas unidades móveis.

Publicidade

Na noite de sábado, Kikawa e sua secretária estavam dentro do carro na Rua do Manifesto, no Ipiranga, quando dois homens se aproximaram e anunciaram o assalto.

Publicidade

Um deles perguntou ao médico se ele era policial. Antes de Kikawa descer do carro acabou baleado – a secretária nada sofreu. A polícia foi acionada e quando chegou ao local o médico ainda estava vivo dentro do jipe.

Publicidade

Encaminhado ao Hospital do Ipiranga, Kikawa não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo. O caso foi registrado no 16º Distrito Policial, localizado na Vila Clementino.

Kikawa era integrante do Centro de Integração de Educação e Saúde (CIES Global). A ideia da Carreata da Saúde surgiu de uma promessa que fez ao pai, que morreu de câncer e pediu ao filho que tratasse os pacientes com humanidade, olhando nos olhos.

O médico cumpriu bem esse papel até ser vítima da criminalidade. Nas redes sociais, milhares de internautas se solidarizam com familiares e amigos de Kikawa. A polícia está à procura dos criminosos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!