in

Os altos e baixos de Fabrício no Vasco

Vasco. Net

Nas entrevistas do Vasco em 2018, Fabrício foi um dos assuntos mais citados. Porém, as perguntas nem sempre são as mesmas, podendo ser sobre seu desempenho nos gramados ou uma escalação surpresa.

Publicidade

O ano do jogador lateral que agora atua como campista, é dos mais agitados em São Januário. O site Globo Esporte citou cinco atos principais do atleta para mostrar os altos e baixos no clube carioca. 

O primeiro dele é o gol salvador. Em janeiro deste ano, o craque foi contratado para reforçar o time do Vasco, a torcida o recebeu com certa ressalva. Sua atuação ao começar a jogar pelo clube ainda não havia caído nas graças dos torcedores. Porém, sua redenção chegaria no jogo contra o Fluminense, durante a semifinal do Campeonato Carioca. Vaiado no decorrer da partida, o atleta fez o gol que garantiu a vitória e levou o Cruz Maltino a classificação por 3 a 2. 

Publicidade

O jogador que havia caído nas graças da torcida vacilaria novamente em maio, após a publicação de uma foto polêmica, o segundo ato. Em Santiago, antes da partida contra a Universidad de Chile, pela Libertadores, o craque posou para uma foto com seus companheiros que postaram o clique ironizando as vaias da torcida. Mesmo não se manifestando, Fabrício acabou sendo duramente criticado. O terceiro ato foi quando o atleta perdeu espaço no time, chegando a ficar de fora da Sul-Americana, recebeu propostas para deixar a casa, mas preferiu continuar. Sua história mudaria com a chegada de Alberto Valentim, que o colocaria em uma nova posição. 

Publicidade

De lateral, Fabrício passou a ser meia. Sua atuação na nova posição agradou tanto, que o craque recebeu elogios dos torcedores. O quarto veio quando ele foi vaiado pela mesma torcida que o abraçou. Durante o confronto contra o Cruzeiro, o atleta foi vaiado o durante todo o primeiro tempo, porém, com a interferência dos amigos, se manteve em campo dando assistência para que Pikachu fizesse o gol da vitória. 

Publicidade

O último ato veio no jogo contra o Internacional, no qual ao ser substituído, Fabrício se irritou. Depois de ser abordado pelos companheiros e discutir com PC Gusmão, o craque acabou sendo xingado pela torcida. Porém ao final do jogo ele pediu desculpas ao técnico e foi perdoado. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.