in

Jair Bolsonaro promete criar secretaria para cuidar dos direitos dos animais

Reprodução / Conexão Política

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) concedeu entrevista à Rede Arapuan de Rádio, do Amazonas, na última sexta-feira (26), e falou sobre uma das medidas que pretende adotar caso seja eleito presidente neste domingo.

Publicidade

Bolsonaro afirmou que tem a intenção de criar uma secretaria para cuidar dos direitos dos animais. O ativismo pró-animais tem crescido bastante nos últimos anos e Bolsonaro acena para esse eleitorado com a ideia de criar uma secretaria especial para este assunto.

Antes da campanha começar para valer, Bolsonaro foi alvo de críticas após vídeo em que ele defendia a caça, viralizar. Entidades de proteção aos animais se posicionaram contra o candidato. À época, Bolsonaro explicou que havia sido mal entendido.

Publicidade

Com a decisão de criar uma secretaria para cuidar dos direitos dos animais, Bolsonaro pode ganhar votos de eleitores indecisos e que também apoiam esta causa.

Publicidade

Na mesma entrevista, Bolsonaro também explicou a declaração de que vai varrer do mapa os bandidos vermelhos. O candidato do PSL explicou que isso não significa praticar atos de violência.

Publicidade

“Não é matar ninguém, não. Quem quer dar essa interpretação mostra falta de caráter”, explicou o candidato conservador. Pesquisas divulgadas neste sábado mostram Bolsonaro na liderança da corrida presidencial.

No levantamento do Ibope, ele aparece com 54% dos votos válidos contra 46% de Fernando Haddad. No Datafolha, Bolsonaro tem 55% contra 45% do candidato do Partido dos Trabalhadores. Neste domingo, os eleitores vão decidir quem deve governar a nação pelos próximos quatro anos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!