in

Em entrevista para Cabrini, Léo Dias diz que vai morrer viciado em drogas

SBT

Nesta segunda-feira (15), o apresentador do programa Fofocalizando do SBT, Léo Dias abriu sua vida íntima para o apresentador Roberto Cabrini do Conexão Repórter.

Publicidade

O jornalista que é viciado desde os 21 anos de idade, contou para o jornalista sobre o difícil momento que vem vivendo em sua vida. Durante a entrevista, o apresentador revelou que percebeu que estava viciado quando o namorado o alertou. 

Léo disse que todos sabiam de seu problema, mas ao chegar em uma das emissoras de maior repercussão do Brasil, seu caso acabou se tornando uma vidraça e assim não teve mais como esconder a sua verdade das pessoas. 

Publicidade

Outro momento chocante da entrevista foi o relato da apresentadora, colega de elenco e amiga recente. Lívia Andrade. A artista contou para Cabrini que conheceu Léo Dias nos bastidores do Teleton quando ele a entrevistou. Na época os dois trocaram palavras e ela chegou a dizer que um familiar de sua família que é extremamente religioso, iria transformar sua vida. 

Publicidade

Lívia também deu outro depoimento tocante sobre o amigo. A apresentadora contou que antes do tratamento no qual Léo se submeteu no mês passado para tratar o vício em drogas. Ele mau conseguia aparecer em alguns programas por conta do vício.

Publicidade

Quando o Leo vinha pra São Paulo, era muito difícil, porque a droga de São Paulo é mais forte que no Rio, tem menos mistura. Ele não conseguia levantar da cama para fazer o programa”. Em uma ocasião o artista chegou a consumir mais de R$ 3 mil  em drogas. 

Ao final da entrevista com Roberto Cabrini, Léo disparou que é viciado e que assim irá morrer. “Claro que sou viciado, e vou morrer viciado”. O artista falou que tem muito medo de fraquejar durante o tratamento ao qual vem se submetendo. 

Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.