in

José de Abreu alfineta Regina Duarte: ‘não consegue decorar texto há muitos anos’

Foto: Reprodução/TV Globo

A política está fazendo inimigos até mesmo no mundo dos famosos. Divididos entre a esquerda e direita, está se tornando comum ver atores e atrizes levantando campanhas em apoio a candidatos à presidência da República.

Publicidade

Neste sábado (13), o ator José de Abreu usou o Twitter para alfinetar a colega Regina Duarte, após ela ter feito um comentário citando que o salário mínimo era um valor inferior ao “Bolsa Presidiário”, alegando que a culpa era do PT.

“Salário mínimo é igual a R$ 954; ‘Bolsa Presidiário’ é igual a R$ 1.319,18. Tem certeza que o PT sabe governar?”, disse Regina em publicação. O ator rebateu o comentário escrevendo um texto em sua rede social, até mesmo mencionando Regina:

Publicidade

“Oi, colega @reginaduarte. Bolsa-presidiário existe desde 1991. Sei que você é meio esquecida, não consegue decorar texto há muitos anos (inaugurou o uso de ponto eletrônico para atores na Globo), mas ‘dar um Google’ evitaria de você passar fake news do fascista que você apoia“.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

O auxilio-reclusão é um benefício em lei que visa ajudar a família do detento enquanto este estiver preso. A justiça prevê a vantagem através da lei n° 8.213 de 1991 e pelo decreto n° 3.048, de 1999.

Publicidade

Patrícia Pillar, que apoiou seu ex-marido durante as eleições do primeiro turno, também fez um comentário na publicação de Regina, estabelecendo críticas ao candidato Jair Bolsonaro.

“Administrar um país tão complexo como o nosso não é fácil e muitos erros foram cometidos. Mas você acha que a solução neste momento é votar em um candidato que nunca administrou uma rua sequer? Que se apresenta como o ‘salvador da Pátria’, mas não tem o menor conhecimento sobre economia, saúde e educação? A apologia à violência que ele prega nos trará ainda mais violência. Violência esta que já pode ser sentida hoje em nossas ruas”, diz trecho.

Publicidade

Escrito por Thiago Santana

É redator do Grupo i7 Network, estudante de jornalismo e chocolatra.