in

Bolsonaro vence Haddad entre os evangélicos e diferença de votos impressiona

Reprodução / Renova Mídia

A pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (10) mostra Jair Bolsonaro (PSL) na liderança da corrida presidencial contra Fernando Haddad (PT). O candidato conservador têm 58% dos votos válidos contra 42% do adversário. Entre os evangélicos, a vantagem de Bolsonaro é ainda maior.

Publicidade

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem aproximadamente 40 milhões de evangélicos de todas as idades. Entre aqueles que votam, a maioria prefere Bolsonaro como próximo presidente do Brasil.

Jair Bolsonaro tem 60% dos votos. Isso significa que de cada 10 evangélicos, seis votam no candidato conservador. Fernando Haddad tem apenas 25%. Ainda segundo o Datafolha, 9% pretendem votar em branco ou nulo e 6% não sabem. Líderes de grandes denominações evangélicas brasileiras declararam apoio a Bolsonaro nas últimas semanas.

Publicidade

Entre os católicos, Bolsonaro também vence, mas a diferença é menor: 46% contra 40% de Haddad. Entre aqueles que não têm religião ou se declaram agnósticos, há empate técnico: Bolsonaro 42%, Haddad 43%.

Publicidade

O candidato petista leva a melhor entre umbandistas, candomblecistas e outras religiões afro-brasileiras. Haddad tem 51% contra 46% de Bolsonaro. Três por cento deste público não sabe em quem votar. O curioso é que ninguém declarou voto branco ou nulo.

Publicidade

Entre os espíritas kardecistas e espiritualistas, Haddad tem 45% dos votos, enquanto Bolsonaro tem 33%. Quinze por cento dos eleitores pretendem votar branco ou nulo. Seis por cento não sabem em quem votar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!