in

Saiba o que Jair Bolsonaro precisa para vencer no 1º turno

Reprodução/Site oficial PSL

Boa parte do eleitorado de Jair Bolsonaro acredita em vitória do candidato do PSL no primeiro turno da eleição presidencial. Para isso acontecer, o presidenciável precisa ganhar votos de outros concorrentes nesta reta final de campanha. Faltam 11 dias para a votação.

Publicidade

Nesta quarta-feira (26), o Paraná Pesquisas divulgou novo levantamento contratado pela Empiricus Research Publicações
LTDA, com o objetivo de consultar à população sobre a situação eleitoral para o Executivo Federal e o panorama político atual, realizada com 2020 pessoas, e Bolsonaro aparece na liderança com 31,2% dos votos. Descontando nulos e brancos e aqueles que não sabem em quem votar, Bolsonaro chega a 38,2%.

Para vencer no primeiro turno, o candidato precisa alcançar 50% mais um voto. Isso significa que Bolsonaro está a 11,8% mais um voto de vencer o pleito sem que haja necessidade de segundo turno.

Publicidade

Agregar tudo isso de votos nesta reta final não é fácil, mas é possível. Os votos válidos dados a João Amoêdo (Novo), Henrique Meirelles (MDB), Geraldo Alckmin (PSDB) e Alvaro Dias (Podemos) chega-se a 14,6% – mais do que Bolsonaro precisa.

Publicidade

Segundo a jornalista Andrea Sadi, da Globonews, a campanha de Alckmin monitora membros do PSDB que ameaçam antecipar voto em Bolsonaro já no primeiro turno. Entre os monitorados estão João Doria, candidato ao governo de São Paulo, e Marcos Pontes (PSD), vice de Antonio Anastasia (PSDB), em Minas Gerais.

Publicidade

Pontes afirmou, em palestra nos últimos dias, que será preciso “dar as mãos a Bolsonaro”, caso Alckmin não decole. A campanha de Bolsonaro torce para que isso não aconteça. Afinal de contas, os votos de Alckmin, Amoêdo, Meirelles e Alvaro Dias poderiam dar a vitória no primeiro turno.

Levantamento Paraná Pesquisas (votos válidos
)

  1. Jair Bolsonaro (PSL) – 38,1%
  2. Fernando Haddad (PT) – 24,7%
  3. Ciro Gomes (PDT) – 12,3%
  4. Geraldo Alckmin (PSDB) – 9,3%
  5. Marina Silva (Rede) – 5,3%
  6. João Amoêdo (Novo) – 4,7%
  7. Alvaro Dias (Podemos) – 2,3%
  8. Henrique Meirelles (MDB) – 1,6%
  9. Guilherme Boulos (PSOL) – 0,5%
  10. Cabo Daciolo (Patriotas) – 0,5%
  11. Vera (PSTU) – 0,4%
  12. Eymael (DC) – 0,1%
  13. João Goulart Filho (PPL) – 0,1%
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!