in

Saiba o que a Bíblia diz sobre relação íntima

Reprodução / jw.org

Muitas pessoas que não leem a Bíblia imaginam que o livro conhecido como Escrituras Sagradas pelos cristãos de todo o mundo proíba ou trate a relação sexual como algo impuro ou que deva ser evitado.

Publicidade

A verdade está bem longe disso. A Bíblia mostra que é o prazer íntimo é um presente de Deus para os seres humanos. Mas há algumas regras que precisam ser seguidas para que esteja de acordo com a verdade bíblica.

Em primeiro lugar, conforme consta no vigésimo quarto versículo do segundo capítulo de Gênesis, o primeiro livro da Bíblia, a relação deve ser entre homem e mulher. “Por isso é que o homem deixará seu pai e sua mãe e se apegará à sua esposa, e eles se tornarão uma só carne”, diz o texto.

Publicidade

O vínculo entre o homem e a mulher incluí o apego emocional e também o prazer da intimidade no leito conjugal. Além disso, há um outro fator importante a ser observado.

Publicidade

Além de ser heterossexual, a relação só é permitida dentro do casamento. “O matrimônio seja honroso entre todos e o leito conjugal imaculado, porque Deus julgará os fornicadores e os adúlteros”, escreveu o autor do livro de Hebreus, capítulo 13, versículo 3.

Publicidade

Fornicar, no caso, é manter relação íntima antes do casamento. Adulterar é estar casado e manter relação íntima fora deste casamento. No capítulo sete de 1 Coríntios, na versão God’s Word Bible, Paulo escreve que “O marido e a esposa devem satisfazer as necessidades sexuais um do outro”.

Portanto, quem se enquadra nos requisitos bíblicos para a relação íntima entre homem e mulher pode fazê-la sem culpa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!