in

Roteirista que criou Ênio e Beto, de Vila Sésamo, revela que os dois personagens eram gays

TV Foco

O ex-roteirista de uma das primeiras séries educativas da televisão mundial virou alvo de polêmica após dar uma declaração em torno do seriado.

Publicidade

Em entrevista ao site Querty, Mark Saltzman, que colaborou em mais de 31 episódios da versão americana do seriado infantil, Vila Sésamo, entre 1984 e 1998, acabou revelando que os personagens Ernie e Bert (em Português, Ênio e Beto) formam um casal gay. 

O roteirista contou que nunca revelou aos seus chefes que estava escrevendo sobre ele e seu parceiro, mas havia personagens que tinham um grande apelo para o público gay. A interação entre os dois era descrita de acordo com o que acontecia em sua vida amorosa com o editor de vídeo, Arnold Glassman.

Publicidade

Mark também falou sobre o nome dos personagens, revelando que Ernie foi batizado por ser o apelido de seu marido, inclusive os próprios amigos os chamavam pelo nome dos fantoches. A entrevista reveladora acabou gerando a maior polêmica, fazendo com que a produtora responsável pela série rebatesse as informações dadas pelo roteirista.

Publicidade

O comunicado enviado à imprensa pela Sesame Workshop afirmou que os personagens são apenas fantoches, que na série interpretam bons amigos Mesmo que eles tenham características humanas, ainda sim são apenas bonecos.

Publicidade

Vila Sésamo é uma das séries infantis considerada pioneira e acabou ganhando várias versões em diferentes idiomas, inclusive no Brasil. Aqui, a série foi exibida em duas emissoras, sendo a primeira na Rede Globo, nos anos 70, e a mais recente na TV Cultura, de 2007 até o ano de 2016, quando acabou chegando ao fim.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.