in

Após ordem de Silvio Santos, Léo Dias se submeterá a tratamento que pode matar

Está marcada para a próxima terça-feira (17), o início do tratamento contra as drogas do apresentador Léo Dias, que será internado em uma clínica de reabilitação no interior de São Paulo. 

Publicidade

O colunista vai se submeter a um tratamento baseado numa substância chamada Ibogaína, que causa alucinações e pode até matar, mas que dá resultado eficaz na luta contra o vício das drogas. 

O apresentador só resolveu realizar ao tratamento depois de receber uma ordem do patrão e dono da emissora do SBT, Silvio Santos. "Chegou aos meus ouvidos que alguns diretores do SBT cogitaram me demitir, mas Silvio Santos não deixou. Ele disse: 'Não vou demitir o rapaz. Primeiro porque ele é bom. Segundo porque ele está doente'"

Publicidade

Léo Dias que hoje tem 43 anos, usa cocaína desde 2001 quando morou na Austrália. O apresentador já havia se internado uma vez em uma clínica no Rio de Janeiro, muito famosa por abrigar famosos, que constantemente estão na boca do fofoqueiro de plantão. 

Publicidade

Além do tratamento, o colunista faz terapia constante. "Minha terapeuta é f**, mas terapia comigo não funciona muito bem. Eu sempre digo que minha profissão é insalubre". O colunista admitiu que já faltou ao trabalho por conta do uso da droga. Segundo ele , é melhor ficar em casa do que virar motivo de chacota nas redes sociais. 

Publicidade

O jornalista sabe do risco de morte que o uso da substância traz. Mas, como irá fazer o uso do medicamento dentro de uma clínica, cercado de médicos, considera o risco pequeno. A substância não é comercializada no Brasil, mas o apresentador afirmou que importou com a autorização do Ministério da Saúde. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade