in

Jair Bolsonaro: ataque repercute nas redes sociais; veja

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi atacado, na tarde desta quinta-feira (6), na cidade de Juiz de Fora, durante sua campanha nas ruas daquela cidade. Centenas de pessoas acompanhavam o candidato, que estava sendo carregado por  populares, quando repentinamente ele fez uma expressão de dor.

Publicidade

De acordo com o portal de notícias G1, Bolsonaro levou, imediatamente ele foi socorrido por seus seguranças; saiba mais. Segundo a Polícia Militar, o candidato do PSOL, a faca atingiu altura no tórax, lele foi imediatamente socorrido por seus seguranças. As pessoas que o seguiam durante a manifestação pelas ruas a princípio não notaram que se tratava de uma tentativa de homicídio.

Jair bolsonaro: ataque repercurte entre os candidatos a presidência e nas redes sociais, veja

A Polícia Militar identificou o suspeito de esfaquear o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos, confessou o crime, segundo a PM. O homem é natural de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, e foi preso em flagrante logo após o incidente.

Publicidade

Abaixo alguns dos vídeos que mostram o momento em que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) leva uma facada durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG):

Publicidade

Estado de saúde de Bolsonaro

De acordo com a Globo News, Jair Bolsonaro foi levado para a Santa Casa de Juiz de Fora,  e passa por uma cirurgia. Ainda segundo o plantão da Globo News, uma fonte de dentro do hospital onde o deputado está sendo operado, Jair deu entrada com hipotensão (pressão baixa), lesão hepática grave e lesão na alça intestinal, lesão no intestino delgado e grosso e precisou de transfussão de sangue.

Publicidade

Jair Bolsonaro

Jair Messias Bolsonaro, nasceu no 21 de março de 1955, é um militar da reserva e político. Cumpre atualmente o seu sétimo mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista (PP). Nas eleições gerais de 2014, foi o deputado federal mais votado do estado do Rio de Janeiro, com apoio de 6% do eleitorado fluminense (464 mil votos).

Em 2017, foi considerado pelo instituto FSB Pesquisa o parlamentar mais influente nas redes sociais. Em janeiro de 2018, anunciou sua filiação ao Partido Social Liberal (PSL), o nono partido político de sua carreira, desde que foi eleito vereador em 1989.

Além dele, seu irmão Renato Bolsonaro e três filhos seus também são políticos: Carlos Bolsonaro (vereador do Rio de Janeiro pelo PSC), Flávio Bolsonaro (deputado estadual do Rio de Janeiro pelo PSL e comandante da legenda no estado) e Eduardo Bolsonaro(deputado federal de São Paulo também pelo PSL).

Figura controversa no Brasil, ele é conhecido por suas visões políticas populistas e de extrema-direita, o que inclui comentários simpáticos à ditadura militar no Brasil (1964–1985, se diz condizente com a prática de tortura, é a favor do armamento da população. Conhecido por frases polêmicas, incitação ao estupro, racismo e homofobia.

Redes sociais

Nas redes sociais este é o assunto mais falado desde o momento do atentado, veja:

Liderando as intenções de voto

Na pesquisa realizada pelo IBOPE, divulgada nesta quarta-feira (5), Bolsonaro desponta em primeiro lugar com 22% das intenções de votos para presidente, seguido por Marina Silva  Ciro Gomes , que estão empatados com 12%.

Candidatos repercutem o ataque a Jair Bolsonaro

Diante ao ataque, os demais candidatos ao cargo, como Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT), se pronunciaram sobre o ato de violência nas redes sociais. Todos deixaram as divergências no âmbito da competição eleitoral e repudiaram a atitude. No Twitter, Ciro foi o primeiro a se pronunciar sobre o caso nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade