in

Após incêndio no Museu Nacional do Rio, bombeiros fazem rescaldo para avaliar os estragos

Na noite deste domingo (2) um incêndio atingiu o Museu Nacional Quinta da Boa Vista, localizado no Rio de Janeiro, por volta das 19h30.

Publicidade

Os bombeiros foram chamados para controlar o fogo, que só acabou por volta das 03h30 da manhã de hoje. Logo depois, a equipe começou a fazer o rescaldo da estrutura do local.

Segundo informações do Comandante da Corporação do Corpo de Bombeiros, Roberto Robadey, foi preciso acionar a companhia de água e esgoto para que pudessem ceder carros pipas, além de terem utilizado a água do próprio lago da Quinta da Boa Vista. Segundo explicou o socorrista, os dois hidrantes mais próximos estavam sem carga, por conta disso foi necessário pedir os reforços. 

Publicidade

O Comandante também explicou que os carros deles também foram trazidos da Baixada Fluminense para conter os focos de incêndio. Roberto lembrou que, ao chegar no local do incêndio, o fogo estava em grandes proporções mas não confirmou a informação de que teria começado no primeiro andar. 

Publicidade

De acordo com as informações passadas, a operação para controlar o fogo contou com o apoio de 80 militares e mais 21 viaturas de 12 quartéis dos municípios vizinhos. Robadey descarta a possibilidade de desabamento. O militar disse que as paredes são muitos grossas pelo fato de o prédio ser antigo. 

Publicidade

Ainda não se sabe o que causou o incêndio que seguirá sendo investigado. A assessoria de imprensa do Museu comunicou que por enquanto não há avaliações das perdas, no entanto, já se sabe que a maior parte do acervo foi destruído. O prédio poderá passar por um processo de recuperação, mas as obras não. 

Publicidade
Publicidade