in

Mãe contagia filho com Herpes e é obrigada a desligar aparelho que o mantinha vivo

Uma mãe, de apenas 22 anos, se viu obrigada a desligar as máquinas que mantinham vivo o seu filho de 10 dias, logo após ela passar para ele o vírus da herpes durante o parto, porém, ela não sabia que estava com a doença. Sendo assim, ela alerta para que todas as mães façam exames para saber se estão contaminadas com esse vírus.

Publicidade

Kira Aldcroft é uma assistente de bar na cidade de Prestwich, na Grande Manchester. Sua gravidez foi muito boa, mas ela teve seu bebê, chamado Leo Aldcroft, prematuro em 9 dias.

A mãe conta que ela não teve nenhum sintoma da doença, além de umas feridas na boca, porém, os médicos afirmaram que aquilo era porque ela estava grávida e não por estar abrigando esse vírus em seu corpo.

Publicidade

Porém, oito dias após o nascimento do pequeno Leo, todas as alegrias e sonhos de Kira foram transformados em terríveis pesadelos, pois seu bebê precisou ser levado rapidamente para o hospital, tendo a suspeita de sepse depois que começou a apresentar sangramentos. O pequeno acabou perdendo a vida 10 dias depois.

Publicidade

Enquanto seu filho estava lutando por sua vida, os profissionais estavam alertando a Kira que as chances de sobrevivência dele eram muito pequenas e, para piorar, encontraram um coágulo e inchaço cerebral em Leo. Ela entendeu que seu filho estava sofrendo muito e tomou a dura decisão de que as máquinas de sobrevivência dele fossem desligadas.

Publicidade

Após esse triste fato, ela agora está falando abertamente para aumentar a conscientização da gravidade dessa doença e desse vírus mortal, pois com apenas alguns dias ele levou a vida de seu filho, ela pede também que o teste para o vírus da herpes seja obrigatório para as futuras mamães.

Publicidade
Publicidade
Publicidade