in

Vídeo que mostra policiais torturando jovem diante da mãe vaza na internet e causa revolta; assista

Um vídeo que mostra a falta de preparo, truculência e a violência de policiais durante a abordagem a um jovem na periferia de Fortaleza, capital do Ceará, vazou nas redes sociais e viralizou provocando muita revolta e perplexidade diante das cenas. 

Publicidade

A sessão de tortura dos policiais aconteceu em plena luz do dia diante de vários moradores em uma comunidade humilde, conhecida como Favela dos Canos. A fonte anônima informou que o ato de extrema violência ocorreu na rua Tim Maia com a rua Américo Facó, no Bairro São José, naquela cidade.

De acordo com o portal de notícias online, R7, as imagens começaram a circular nas redes sociais e estão sendo massivamente compartilhadas. O vídeo mostra o rapaz imobilizado por pelo menos três policiais, que praticam um método de tortura conhecido como afogamento simulado.

Publicidade

Vídeo que mostra policiais torturando jovem vaza na internet e causa revolta; assista

Nas imagens que capturaram a tortura é possível ver um policial sentado sobre o abdome do jovem, enquanto um dele coloca um pano sobre o rosto dele e o outro despeja água, é desta maneira que acontece o afogamento simulado, impedindo que a vítima respire.

Publicidade

O rapaz se debate o tempo inteiro, é possível notar o desespero dele em busca de oxigênio. Outros policiais passam pelo local onde a tortura acontece e não tomam nenhuma atitude em relação a atitude dos companheiros de farda que continuam a tratar jovem com violência.

Publicidade

Segundo as fontes, o rapaz é menor de idade e a mãe dele estava no local e presenciou a sessão de tortura e a agonia da filho nas mãos dos agentes de segurança. A mulher teria entrado em choque e chegou a desmaiar diante de tamanha barbaridade. 

  • Alerta – Embora não haja cenas explicitas, pessoas sensíveis não devem acessar o conteúdo.  

     

No vídeo é possível identificar que um dos policiais pertence à corporação da Força Tática, o outro da Companhia de Policiamento de Cães e o terceiro ainda não foi identificado. Depois que as imagens começaram a circular na internet e diante da grande repercussão negativa, a Polícia Militar do Ceará emitiu uma nota:

"O Comando da Polícia Militar do Ceará tomou conhecimento de imagens que circulam em redes sociais e adotará medidas no sentido de apurar os fatos de forma transparente e responsável na forma da lei".  Ainda segundo a PM as investigações serão realizadas com bastante seriedade e imparcialidade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade