in

Bolsonaro explode e responde acusações de racismo com palavrão: ‘Porr…’

O candidato à presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, está sendo acusado por racismo no caso em que fala dos quilombolas, e nisso, o mesmo se tornou réu no STF (Supremo Tribunal Federal), fato que vem sendo um dos argumentos para a oposição tirar os votos de Bolsonaro e até mesmo tentarem barrar sua candidatura.

Publicidade

Bolsonaro também é acusado de outras coisas, como homofobia, xenofobia e misoginia, logo o mesmo brincou com o fato de ser misógino: "Não gosto de mulher agora?". Já sobre a homofobia, o ex-deputado falou que o motivo de ser acusado por este crime é por conta da opinião contrária ao suposto "kit gay".

Ao responder sobre a ideologia de gênero, Bolsonaro soltou uma frase polêmica, questionando se os que estavam presentes na reunião eram a favor de chegarem em casa e encontrarem  os seus filhos brincando de boneca por conta de uma influência da escola, no entanto, a maioria respondeu que não e Bolsonaro afirmou; "(Palavrão) Nosso filho é homem e pronto, acabou (palavrão)".

Publicidade

O ex-deputado é muito querido por parte da população e se reuniu com simpatizantes para dar uma pequena palestra antes da sua entrevista que acontecerá no Jornal Nacional, onde ele deve esclarecer dúvidas para a população brasileira.

Publicidade

O Jornal Nacional vêm entrevistando os principais candidatos à presidência da República e o primeiro foi o Ciro Gomes. Em uma ordem escolhida em sorteio, o Bolsonaro foi o segundo escolhido e será entrevistado nesta terça-feira.

Publicidade

Ao falar sobre a sua entrevista para o Jornal Nacional, o ex-deputado afirmou que não será o mesmo massacre que foi contra Ciro Gomes, reafirmando que não admitirá jogo baixo durante a entrevista, por este motivo que a entrevista deve prometer muitas surpresas ao público do eleitorado brasileiro, em que boa parte devem votar no ex-deputado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade