in

Bolsonaro tem quase 30 milhões de votos na pesquisa espontânea e isso pode ser decisivo

Os eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) têm muitos motivos para comemorar depois da divulgação, nesta segunda-feira (27), de levantamento realizado pelo FSB Pesquisas a pedido do Banco BTG Pactual.

Publicidade

Entre os diversos dados divulgados pelo levantamento, a pesquisa espontânea chamou a atenção. Neste cenário, os eleitores ouvidos respondem em quem vão votar sem que os nomes dos candidatos sejam apresentados.

Na prática, isso significa que a única pergunta feita é “em quem você vai votar para presidente?”. Os candidatos mais lembrados são aqueles que contam com um eleitorado fiel.

Publicidade

Lula lidera com 26%, mas o candidato do PT, condenado a 12 anos pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, deve ficar inelegível pela Lei da Ficha Limpa.

Publicidade

Jair Bolsonaro aparece na segunda posição, com 19% ou 27.987.447 votos, considerando que o colégio eleitoral brasileiro é formado por 147.302.354 de eleitores, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Publicidade

João Amôedo (Novo) aparece logo em seguida, com 3% das citações. Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) têm 2% dos votos espontâneos, cada um. Alvaro Dias é outro presidenciável citado, com 1%. Indecisos são 23%, enquanto aqueles que não votarão em ninguém ou não responderam à pesquisa somam 22%.

Na pesquisa geral, Jair Bolsonaro lidera no cenário sem Lula, com 24%, e Marina Silva, com 15%, aparece na segunda posição. Na taxa de rejeição, o ex-deputado federal aparece apenas na sexta posição, com 49%. Seus principais concorrentes ultrapassam o 50% de rejeição.

Publicidade
Publicidade