in

Jair Bolsonaro recebe ótima notícia em nova pesquisa e adversários se preocupam

Muitos eleitores de Jair Bolsonaro acreditam em vitória do candidato do PSL à Presidência da República no primeiro turno. Aqueles que são menos otimistas cravam a presença de Bolsonaro no segundo turno e uma vitória contra qualquer adversário.

Publicidade

O grande problema para os apoiadores do ex-deputado federal era a rejeição ao mesmo. As pesquisas apontavam rejeição acima dos 50% e isso dificultava e muito uma vitória tanto no primeiro como no segundo turno.

Nesta segunda-feira (27) foi divulgado um novo levantamento realizado pelo FSB Pesquisa a pedido do Banco BTG Pactual e a taxa de rejeição dos candidatos animou Jair Bolsonaro e seus aliados.

Publicidade

Bolsonaro tem 49% de rejeição. Embora o número seja alto, está abaixo dos principais adversários na disputa pelo Planalto. Seis nomes aparecem à frente do conservador.

Publicidade

Geraldo Alckmin (PSDB), que na semana passada tirou sarro de Bolsonaro ao afirmar que todo mundo quer enfrenta-lo no segundo turno porque a vitória é certa, é o mais rejeitado, com 59%.

Publicidade

Marina Silva (Rede) é a segunda colocada, com 54%. Logo atrás, aparece Ciro Gomes, com 53%. Henrique Meirelles (MDB) é o terceiro mais rejeitado, com 51%. Mesmo índice de Fernando Haddad (PT), que deve substituir Lula na disputa. Na quinta posição, aparece José Maria Eymael (DC), com 50%.

A notícia preocupa os adversários de Bolsonaro já que quanto menor a rejeição, maiores são as chances de vitória em um hipotético segundo turno da disputa presidencial.

A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 26 de agosto e ouviu duas mil pessoas em 27 estados brasileiros. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança do levantamento é de 95%.

Publicidade