in

Com medo da torcida do Corinthians, atacante do Colo-Colo faz pedido aos companheiros

Corinthians e Colo-Colo se enfrentarão pela segunda etapa das oitavas-de-finais da Copa Libertadores da América, para assim decidir quem passará de fase e irá para as quartas-de-finais da competição. Após a derrota lá, o Timão deve tentar de tudo para conseguir a classificação.

Publicidade

O primeiro jogo foi no Chile, na casa do Colo-Colo, e equipe chilena conseguiu conquistar uma vantagem de 1  a 0.  Esse placar dá a entender que o Corinthians virá com tudo jogando em casa para tentar passar o caminhão em cima do clube chileno e garantir a vaga na próxima fase da competição.

Não há dúvidas de que a Arena de Itaquera estará lotada para  a decisão. Portanto, a pressão será totalmente do Corinthians – isso é o que analisou o experiente atacante Paredes, do clube chileno, que já tem 38 anos.

Publicidade

O experiente atleta pediu para que seus companheiros mantenham o time fechado para tentar manter a vantagem e passar de fase, tendo em vista que entrarão em campo para tentar de tudo trazer a passagem de fase para a casa. Entretanto, Paredes entende que a pressão será totalmente do Corinthians, pois terão a imensa torcida ao seu favor, que é conhecida no mundo todo, exatamente por ser uma das maiores torcidas de todo o mundo.

Publicidade

Agora o técnico Osmar Loss tem a oportunidade de subir no conceito da torcida e confirmar uma classificação com uma vitória convincente contra o rival chileno, já que a torcida vem botando muita pressão para que a diretoria troque o treinador da equipe.

Publicidade

É possível que após este jogo a diretoria ceda e acabe demitindo o técnico Osmar Loss da função de comandante da equipe. Mesmo com o presidente Andrés Sanchez demonstrando confiança no treinador e apostando em uma evolução do mesmo no cargo do Corinthians.

Segundo Andrés, a culpa das derrotas seria dos jogadores e também do azar em certas partidas, quando a bola acaba não entrando.

Publicidade
Publicidade