in

Pesquisa presidencial: sem Lula, segundo turno já estaria praticamente formado

As eleições presidenciais deste ano de 2018 prometem muitas mudanças no futuro do país, pois o novo presidente deve ser muito diferente de todos os outros que já governaram o Brasil durante todo este tempo, isso é o que mostram as pesquisas.

Publicidade

Uma pesquisa do BTG/FSB foi feita sobre as eleições presidenciais de 2018, contando com os principais candidatos ao cargo mais alto do poder executivo do país, no entanto o levantamento não contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Basicamente é interpretativo, algumas pesquisas consideram e outras desconsideram Lula, pois é bem provável que o mesmo não consiga oficializar a sua candidatura, pois a Justiça deve impedi-lo, com base na Lei da Ficha Limpa, que não permite que existam candidatos condenados em segunda instância por crime de corrupção.

Publicidade

Na pesquisa, sem Lula, quem lidera é o ex-deputado federal Jair Messias Bolsonaro, que conta com 24% das intenções de votos, o que já seria basicamente um segundo turno contando com o capitão da reserva do Exército militar.

Publicidade

A concorrente com Bolsonaro no segundo turno deve ser a ex-senadora Marina Silva, que ficou em segundo no levantamento, com cerca de 15% das intenções de votos, claro que Marina pode ser ameaçada nesta segunda posição, porém já é quase certo que Bolsonaro estaria em um eventual segundo turno, por conta das suas grandes intenções de votos nas pesquisas presidenciais.

Publicidade

Marina seria a maior herdeira dos votos de Lula, que era quem liderava as pesquisas quando não estava preso pela Justiça, por isso que a esquerda deve se dividir e votar em outros candidatos, por enquanto a Marina é quem levaria a posição no segundo turno.

A intenção do PT no entanto, é que o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, seja o herdeiro dos votos de Lula.

Publicidade