in

Bebê de 11 meses sofre AVC depois de ter contraído catapora

As pessoas que têm criança em casa sabem que é comum elas adoecerem. Até que os pequenos adquiram imunidade para combater algumas enfermidades, são várias viroses adquiridas. No entanto, algumas doenças são tidas pelos pais como comuns e até acreditam ser normal de acontecer.

Publicidade

Uma delas é a catapora, essa enfermidade é altamente contagiosa e muito comum em crianças. Atualmente a vacina contra a catapora faz parte do calendário da saúde pública. Antigamente, as crianças tomavam uma dose com 1 ano e 3 meses, mas agora elas também recebem o reforço aos quatro anos de idade.

O que muitos pais não têm consciência é que essa doença pode trazer sérias complicações. Um bebê de apenas 11 meses teve um AVC – Acidente Vascular Cerebral como consequência de uma catapora. A mãe procurou atendimento médico, após perceber que o filho apresentava dificuldades para se movimentar.

Publicidade

No hospital, os médicos descobriram que a criança havia sofrido um AVC. O motivo foi uma complicação da catapora, o fato é considerado raríssimo, mas pode ocorrer com bebês até os seis meses de vida. O menino teria adquirido a doença através dos irmãos mais velhos que não eram vacinados.

Publicidade

Tudo indica que infelizmente, o menino terá sequelas neurológicas permanentes. Segundo o pediatra e também diretor da Faculdade de Medicina de Petrópolis, no Rio de Janeiro, o Doutor Paulo César Guimarães reforçou que a catapora pode não ter uma evolução benigna, como a maioria das pessoas acredita.

Publicidade

Ele afirmou que qualquer tipo de infecção deixa o organismo frágil e mais suscetível a outras doenças. No caso da catapora, o que pode ocorrer é que os vasos do cérebro sofrem uma mudança de fluxo e que pode acabar provocando o AVC. Caso esse problema aconteça nas artérias do coração, podem provocar um infarto, as são condições raras em crianças.

Publicidade
Publicidade