in

Bolsonaro mostra sua revolta contra médicos cubanos: ‘vou expulsá-los do Brasil’

O ex-deputado federal Jair Messias Bolsonaro sempre foi um crítico nato contra os governos do PT (Partido dos Trabalhadores), com isso se mostra um rival do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que tenta se tornar o próximo predisente da República.

Publicidade

Lula foi um dos percursores do programa Mais Médicos aplicado no Brasil, este foi feito com intuito de criar um programa para trazer médicos do exterior para o país, assim aumentando o número de profissionais nesta área.

Jair Bolsonaro mostrou sua revolta contra este programa e recusa os médicos cubanos, afirmando que irá expulsá-los do país, evidente que isto é ilegal e ele terá que utilizar de artifícios para conseguir executar tal ato.

Publicidade

O ex-deputado afirmou que utilizará o Revalida para tirar os médicos cubanos do país, e este é um exame que os médicos do exterior fizeram para poderem exercer a função no país de 2011 a 2016, porém a maioria dos cubanos foram reprovados.

Publicidade

Até o atual momento, o programa foi muito criticado, pois há médicos cubanos que não são comprovadamente médicos. O próprio Jair Bolsonaro afirma que há alguns que são generais do exército cubano e não entendem nada sobre a medicina.

Publicidade

Bolsonaro é segundo nas pesquisas presidenciais, quem lidera os levantamentos é o ex-presidente Lula, entretanto quando o petista não está presente, quem lidera é o Bolsonaro, que muito provavelmente estará em um eventual segundo turno das eleições presidenciais de 2018.

Lula não deve conseguir oficializar a sua candidatura à presidência da República, pois o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deve barrar, até porque a Lei da Ficha Limpa não permite que existem candidatos à cargos eleitorais que já tenham sido condenados por um colegiado de juízes, pelo crime de corrupção, em segunda instância, o que aconteceu com Lula.

Publicidade
Publicidade
Publicidade