in

Bolsonaro tira ‘carta da manga’ e Lula pode ter candidatura barrada

Jair Messias Bolsonaro é candidato à presidência da República e fica em primeiro nas pesquisas de intenções de votos, quando o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva não está presente nos levantamentos, por este motivo que é importante que Lula tenha sua candidatura barrada para o Bolsonaro.

Publicidade

Lula foi condenado por um colegiado de juízes, então a Lei da Ficha Limpa não permite que o petista seja candidato, entretanto o ex-presidente conseguiu registrar sua candidatura, dando a possibilidade para que os outros candidatos peçam a impugnação desta candidatura.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é o responsável por administrar as candidaturas e deixa os próprios opositores como os investigadores de seus rivais, dando a possibilidade para que os outros candidatos consigam pedir a barradura das respectivas candidatura.

Publicidade

Bolsonaro, dentro de seu direito, já entrou com o pedido ao TSE para barrar a candidatura de Lula, usando como argumento a Lei da Ficha Limpa, inclusive este argumento já foi utilizado pela presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, que defendeu em manter a lei e não deixar que Lula seja candidato. 

Publicidade

Segundo diversos juristas brasileiros, é quase impossível que Lula se torne candidato, até porque ainda está preso e achar uma brecha na lei, neste caso, é muito difícil.

Publicidade

O Partido dos Trabalhadores (PT) tem um 'plano b' para utilizar caso a candidatura de Lula seja barrada, este será com o ex-prefeito da cidade de São Paulo, Fernando Haddad, de presidente e a Manuela d'Ávila como vice-presidente.

Vale ressaltar que Manuela queria ser candidata à presidente, porém desistiu para apoiar o Lula em sua chapa presidencial, entretanto ela ficou de fora da chapa, mas deve entrar com Haddad presidente, já que o mesmo é o atual vice de Lula.

Publicidade