in

Alisamento famoso é proibido pela Anvisa: ‘pode matar’

É normal que as mulheres gostem de estar bem arrumadas, principalmente, quando o assunto é cuidar das madeixas, valendo de tudo para estarem com os cabelos bonitos e bem cuidados. Para isso, são diversos os tratamentos disponíveis no mercado.

Publicidade

Algumas gostam dos cabelos cacheados, já outras preferem as madeixas lisas. No entanto, quem não tem o cabelo liso naturalmente, precisar recorrer a alguns produtos. É importante que o usuário saiba se o produto oferecido pelo profissional tem a aprovação da Anvisa –  Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Recentemente, mais um desses cosméticos foi parar na 'lista negra' da entidade. O Creme Blue Gold Salvatore é um produto usado no alisamento do cabelo em escovas progressivas. Devido ao não cumprimento de algumas resoluções da Anvisa, o cosmético não poderá mais ser vendido e ainda terão os estoques recolhidos.

Publicidade

A proibição do produto se deve ao fato da empesa Salvatori Indústria e Comércio de Cosméticos não ter feito a notificação correta como alisante às autoridades. Por esse motivo, fica difícil estabelecer a segurança para as pessoas que vão usar, ou até mesmo, realizar algumas ações adequadas de fiscalização.

Publicidade

Não é a primeira vez que esse tipo de situação acontece. Antes desse caso, outros produtos utilizados para fazer escova progressiva já foram proibidos de ser usados no Brasil. Muitos continham uma substancia que pode causar câncer, o formol.

Publicidade

Danos provocados pelo formol

Além de ser uma substância cancerígena, o formol pode causar irritações, dores e até mesmo queimaduras. Isso vale para o couro cabeludo. Se o produto tiver contanto direto na região dos olhos, ou mesmo quando vira vapor por causa do uso da prancha, pode provocar conjuntivite ou incômodos severos.

No entanto, o mais preocupante são as vias respiratórias. Quando é inalado, a mucosa do nariz, boca, faringe e até mesmo o pulmão ficam irritados. Isso provoca alterações nas células da região e abre oportunidade para aparecimento do câncer, ou seja, o formol pode levar à morte.

Publicidade
Publicidade
Publicidade