in

Site revela droga responsável por overdose da cantora Demi Lovato e deixa fãs chocados

A cantora Demi Lovato chocou o mundo no último dia 24 de julho, ao sofrer uma overdose e ir parar no hospital por conta do uso excessivo de drogas.

Publicidade

A cantora foi levada as pressas para o hospital de Los Angeles ao sofrer uma overdose. O caso acabou ganhando repercussão mundial que deixou os fãs de Demi abalados.

Agora, segundo revelações do site TMZ, especializado em celebridades, a cantora estava usando o mesmo opioide que causou a morte do cantor Prince. Ainda, de acordo com as apurações que foram feitas pelo site americano, Demi tria ligado para um traficante em Hollywood Hills, às 4h daquele dia, e pedido a ele que levasse drogas até sua casa.

Publicidade

O traficante atendeu ao pedido de Demi e levou oxicodona, um opioide analgésico semelhante a morfina. A hipótese que se levanta é de que a droga usada pela cantora estava misturada com fentanil, um analgésico potente. Fentanil é o opiaceo que causou a morte de cantores como  Prince e Lil Peep.

Publicidade

O site ainda afirmou que Demi e o traficante estariam mantendo contato desde abril deste ano, quando a cantora teria voltado a fazer uso de drogas. No dia que a cantora passou mal, o traficante fugiu para ao perceber que Demi não estava se sentindo bem. A cantora foi levada para o hospital, onde recebeu todo o atendimento necessário para sua recuperação. Segundo uma fonte ligada a cantora, ela está internada em uma clínica de reabilitação, onde ficará por três meses para poder passar por um processo de desintoxicação.

Publicidade

No último dia 05 de agosto, a cantora se pronunciou em torno do assunto através de uma carta. Em um dos trechos Demi fala sobre não ter conseguido resistir a tentação. “Eu sempre fui transparente sobre a minha jornada com o vício. O que aprendi é que essa doença não é algo que desaparece ou se desfaz com o tempo. É algo que eu preciso continuar superando, o que ainda não fiz”.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade