in

São Paulo vive uma boa fase ao ser comandado por ídolos tricolor

Nos últimos anos, os dirigentes do São Paulo preferia apostar em diretores políticos para integrar a comissão técnica do clube, mas de uns tempos para cá, isso mudou.

Publicidade

De olho nas sucessivas contratações que não traziam um resultado positivo ao clube, o São Paulo decidiu tomar uma nova atitude em relação ao clube. Isso porque, o tricolor não conseguia quebrar o jejum sem vitórias e acabou acumulando enormes fracassos, além de se ver na zona de rebaixamento nas duas última edições do Campeonato Brasileiro.

Agora, a temporada de 2018 veio para marcar uma nova era no clube paulista, que após ter realizado mudanças na sua diretoria, vem colhendo os frutos dessa nova direção. Depois que os ídolos assumiram a direção da casa, Leco passou a ouvir melhor seus subordinados.

Publicidade

A nova cúpula formada pelo presidente aconteceu entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. O trabalho não começou a dar resultado de cara. Em meio a transição, o clube sofreu duras derrotas no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil.

Publicidade

Porém, com a chegada de Aguirre, o elenco foi sendo montado ao gosto do técnico que foi escolhido para trazer de volta a confiança que os jogadores precisavam para brilhar de novo nas competições.

Publicidade

E a prova de que essa nova estratégia adotada pelo clube tem dado resultado, está na liderança do Campeonato Brasileiro, lugar onde o clube não conseguia chegar desde 2015. O clube, para se ter uma ideia, gastou R$ 53.836 milhões para contratar 19 jogadores, quatro a mais do que em 2018.

Publicidade
Publicidade
Publicidade