in

Presidente do Flamengo detona arbitragem e dispara: ‘Vou a CBF, já agendei e vamos levar um vídeo pra comprovar o que estamos falando’

O Flamengo está satisfeito com o seu elenco, por outro lado, o presidente do clube está completamente revoltado, mas não tem nada haver com a casa. 

Publicidade

Eduardo Bandeira deu uma declaração onde se mostrou completamente revoltado com a arbitragem do Campeonato Brasileiro, que segundo ele, não está tendo imparcialidade. 

Tudo começou no jogo contra o Cruzeiro, quando o Flamengo acabou levando a melhor, vencendo o time rival por 1×0. Ao final da partida o presidente do clube pareceu não ter gostado do resultado e afirmou que o jogo, para ser mais preciso, o time, foi prejudicado pela arbitragem que estava em campo. 

Publicidade

O presidente do Rubro-negro afirmou que sempre fazem um vídeo com todos os erros, mas que no caso do jogo com o time rival, não tiveram essa chance por conta da sucessão de jogadas que o clube rival teve mais favorecimento do que o Flamengo. 

Publicidade

Emanuel bandeira colocou como ponto alfa do jogo, as várias vezes que somente o Cruzeiro tinha direito à posse de bola, quando na verdade, muitas delas deveriam ter vindo para o Flamengo, mas por erro de uma arbitragem equivocada, isso não aconteceu e acabou prejudicando o time por completo. 

Publicidade

Emanuel tentou explicar o que estava dizendo: "Bola que a gente ganha dividida com eles era falta, bola que eles dividiam com a gente, mesmo com falta, era bola deles". Para finalizar, o presidente afirmou que os árbitros usaram critérios totalmente diferenciados para julgar os dois times e, mesmo tendo a vitória, ficou óbvio que eles estavam a favor do Cruzeiro. Emanuel também afirmou que irá a CBF para levar o caso: "Vou a CBF, já agendei e vamos levar um vídeo pra comprovar o que estamos falando”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade