in

Menino de 11 anos diz que nada o impede de usar vestido e se torna uma mini dragqueen

A questão do gênero é sempre bastante delicado, porém isso se agrava ainda mais quando isso envolve crianças, só que para alguns pais, deixar que seus filhos se expressem livremente não é uma questão difícil e isso não lhes traz nenhuma dor de cabeça, como é o caso de Lauren Noakes, mãe de Leo, um garoto de 11 anos que já é adepto de uma prática que gera muito preconceito e polêmica, ele se tornou uma dragqueen.

Publicidade

Leo se tornou sensação ao participar de um programa americano chamado “TV Loose Woman”. Ele estava primeiramente na plateia usando roupas que são tipicamente masculinas, só que depois ele surgiu de novo, trajando um vestido, meia-calça, maquiagem e longos cabelos.

Mesmo com apenas 11 anos o garoto já fala com muita propriedade e segurança sobre o assunto: “só porquê eu tenho órgão genital masculino isso não significa que eu não posso usar vestido, só quero mostrar a todos que ser diferente é ok. Isso me dá mais confiança”, disse o menino.

Publicidade

Sua mãe declarou que não encontra nenhum problema na personalidade de seu filho e que não se importa com o gênero dele. Só que ambos dizem que o garoto se identifica como homem, apesar de usar essas roupas. Com essa idade ele já criou sua personagem quando está montado, Violet Vixan. Confira o vídeo abaixo.

Publicidade

No começo não foi fácil para Lauren, pois ela se sentia culpada por qualquer coisa, porém com o passar do tempo ela notou que isso era parte da personalidade de seu filho. Querendo ou não, Violet seria uma pessoa constante dentro de sua casa, querendo ela isso ou não, e então com o tempo Lauren compreendeu a escolha de seu filho e agora ela é uma das pessoas que mais apoia ele.

Publicidade
Publicidade
Publicidade