in

PT pode por Lula de lado e escolher plano B para as eleições 2018

O PT (Partido dos Trabalhadores) anunciou que terá o ex-presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, como o seu candidato para a presidência da república em 2018 e, mesmo que ele esteja preso, o partido o manterá como candidato, para as eleições.

Publicidade

Sendo assim, Lula será, no momento, a única opção do PT para o cargo de presidente nas eleições de 2018. Contudo, o ex-presidente pode não ser o candidato da legenda, pois todos entendem que há uma grande possibilidade de que ele não possa disputar as eleições presidenciais de 2018, pelo motivo óbvio de estar preso e que ainda poder ser agravado caso ele seja condenado por mais crimes.

Segundo a Lei da Ficha Limpa, o petista não pode, de forma alguma, ser candidato à qualquer cargo eleitoral, pois esta lei determinam que o candidato nunca tenha sido condenado por corrupção por um colegiado, ou seja, mais de um juiz. No caso em questão, Lula foi condenado pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4° Região).

Publicidade

Segundo publicação do jornal online. O Globo, o PT está negando ter um plano B para as eleições de 2018, mas os aliados já afirmam que existe um cenário em que Lula não faz parte da chapa, e chamam, inclusive, esta possibilidade de 'estratégia tríplex', de forma irônica à acusação feita ao ex-presidente.

Publicidade

Caso Lula não consiga se candidatar, o PT deve anunciar Fernando Haddad ou Manuela D'Ávila como candidata do partido, tentando trazer para eles assim, os votos que seriam de Lula.

Publicidade

Se fosse há um tempo, Lula conseguiria facilmente se candidatar, pois ainda não existia a Lei da Ficha Limpa.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade