in

Perto das eleições, Marina faz forte acusação ao Bolsonaro

A ex-senadora Marina Silva é figura sempre presente nas eleições presidenciais, o que talvez não será diferente neste ano de 2018, pois a pré-candidata vem muito bem nas pesquisas de presidenciais, ainda mais porque a mesma pode garantir muitos votos que iriam ao Lula, caso se confirme que o mesmo não poderá disputar as eleições deste ano.

Publicidade

Já irão começar os debates presidenciais e Marina Silva deve estar presente em todos eles, exatamente por ser uma das primeiras colocadas nas pesquisas e ter grandes chances de aparecer no segundo turno.

Jair Messias Bolsonaro é deputado federal e já confirmou que será candidato à presidência da República nestas eleições de 2018, trazendo o General da reserva do Exército Brasileiro, Mourão, que é muito querido pelos intervencionistas e os apoiadores da direita política no país.

Publicidade

Marina é representante da esquerda e já vem apresentando opiniões contrárias ao Bolsonaro, fazendo ataques ao mesmo, afirmando que o candidato é uma ameaça à democracia e dono de posições extremistas.

Publicidade

Porém, não foi somente contra Bolsonaro que Marina se revoltou, mas também afirmou que as propostas de PT, PSDB, e MDB são totalmente extremistas, com isso acredita que todos são ameaças à democracia.

Publicidade

Marina é muito criticada por não aparecer durante o ano e somente estar presenta na mídia em período de eleições, por isso que a mesma, há pouco tempo, resolveu responder estas críticas afirmando que não é uma política e que é professora, vivendo de suas aulas, por este motivo que não tem tempo de se dedicar totalmente.

Marina já foi senadora e atualmente e dona do partido REDE, e agora ela pode implantar seus ideais, já que batia muito de frente com algumas propostas do Partido Verde, antiga legenda da ex-senadora, a mesma que trazia muitos votos ao partido de origem esquerdista.

Publicidade