in

Mãe passa por apuros por causa da roupa do filho e faz alerta para outros pais

Laura Collins é a mãe de um menino que tem somente 5 anos de idade, mas que apavorou quando ela tirou o calção de banho que o menino estava brincando em uma piscina durante as férias. “Este foi o grito mais doloroso que eu ouvi, é um som que nenhuma mãe deveria ouvir”, relatou a mãe.

Publicidade

O garoto brincou por várias horas dentro da água e com isso a rede de proteção que fica no interior do calção acabou se enroscando em seu órgão genital.

Ela se assustou e quando percebeu o que realmente tinha acontecido ela correu para a recepção do hotel para procurar uma tesoura, porém as pessoas que ali estavam disseram que ela deveria levar o menino para um hospital, então ela pegou o seu filho e correu para o mais próximo de onde ela estava.

Publicidade

A rede de proteção da roupa se prendeu no órgão de tal jeito que não era possível tirar de uma forma que não causasse dor nele. Foi preciso aplicar uma anestesia para tentar cortar o calção. Finalmente livre do que estava lhe machucando, o menino precisou ficar no hospital por algumas horas para avaliar a sua recuperação e se não ficaria nenhuma sequela no local.

Publicidade

O curioso neste caso é que o pequeno Jack não era o único a passar por essa situação, segundo os médicos que o atendeu, outra criança passou pela emergência algumas semanas antes com o mesmo tipo de lesão causada por esse tipo de roupa.

Publicidade

Depois dessa trágica experiência, a mãe pede que outros pais se atentem e retirem essas redes que ficam nas roupas de praia dos filhos. Esse caso teve uma grande repercussão e a marca fabricante veio a público se desculpar pelo ocorrido e que seus profissionais trabalham para assegurar ao máximo a segurança e o conforto de seus clientes.
 

Publicidade