in

Galã da Record se assume homossexual e fãs ficam chocados: ‘Logo ele?’

Nesta quinta-feira, o TV Foco chocou ao repercutir uma notícia de um ator que saiu do armário. Intérprete do personagem nerd Téo na versão brasileira de Rebelde, na Record, o ator Bernardo Falcone acaba de assumir a sua homossexualidade. A revelação foi feita em entrevista ao jornal O Dia nesta quinta-feira (2). Aos 34 anos de idade, ele disse, no entanto, que nunca viveu dentro do armário.

Publicidade

Ator  que ficou famoso na Record comentou repercussão de 'sair do armário'

“Na real, nunca vivi uma vida ‘dentro do armário’. Profissionalmente, há anos, me convenci de que para ser assimilado pelo mercado televisivo teria que não falar sobre determinados assuntos, não ser de uma certa forma. Topei o jogo, mas vi que isso não me faria feliz”, disparou o ator.

“Vi que estava perdendo a oportunidade de usar meu trabalho como plataforma para iniciar conversas sobre o tema e que pudessem impactar positivamente a vida, inclusive, dessas pessoas que sempre acompanharam meu trabalho”, revela ele, que é chamado de “Beni” pelos fãs.

Publicidade

“Sentia que estava perdendo meu tempo. Resolvi não mais me preocupar com a expectativa e opiniões dos outros a meu respeito e foquei em ser o artista que eu adoraria que tivesse existido quando eu era criança e adolescente”, explica, dizendo que não teme perder trabalhos, inclusive na Record.

Publicidade

Veja abaixo a foto do grande ator: 

Publicidade

“Fiz bons trabalhos nos projetos em que estive envolvido lá na Record. Gosto de pensar que esses trabalhos falam mais do que qualquer questão pessoal minha”, completa Bernardo Falcone.

HUGO BONEMER

Em março deste ano, Hugo Bonemer, primo do jornalista William Bonner, surpreendeu a todos ao assumir durante entrevista ao TV Fama, da RedeTV!, que estava em um relacionamento sério com um outro homem. Desde que ‘saiu do armário’, o bonitão não se desgruda de Conrado Helt, seu namorado.

 

Na noite desta quarta-feira, 01 de agosto, esteve em uma sessão especial para convidados do musical “O Fantasma da Ópera”, em São Paulo, e foi ao teatro acompanhado de seu amado. Os dois não se incomodaram com os cliques dos fotógrafos de plantão e chegaram ao evento de mãos dadas.

Em recente entrevista, Conrado Helt contou que tem medo de sofrer ataques homofóbicos por conta de namoro com Hugo Bonemer. “Hoje em dia eu tenho um pouco de medo de ser espancado na rua. Não fomos ameaçados, mas mensagens de ódio sempre têm, óbvio”, declarou o ator.

Publicidade
Publicidade