in

Primeiro goleiro do Flamengo morre e ganha homenagem do time que o lançou

Na madrugada de sexta para sábado (28) morreu Fernando Ferreira Botelho, vítima de parada cardíaca no Hospital São Lucas, no bairro de Copa Cabana, no estado do Rio de Janeiro.

Publicidade

Fernandinho é um dos goleiros mais antigos do clube do Flamengo, aos 105 anos, ele deixa uma esposa, um filho, e o neto, que com toda certeza o manterão vivo na memória.

Em homenagem, neste domingo (29), o Flamengo homenageou o ex-craque, fazendo um minuto de silêncio antes da partida contra o Sport dar início.

Publicidade

Curioso, é que o ex-goleiro estreou na equipe principal do Flamengo, num jogo clássico entre o rubro-negro, e o Fluminense. Na partida o time do Flamengo acabou levando a melhor, vencendo o rival por 1×0. Fernandinho foi titular do clube por 4 anos seguidos, logo depois em 1934, um problema no joelho acabou encerrando a carreira do atleta.

Publicidade

A importância de Fernandinho dentro do clube do Flamengo foi mais além, pois o jogador ajudou a quebrar o jejum de mais de três anos, sem o clube ganhar do tricolor. O goleiro ainda conta em seu currículo, com o menor número de gols sofridos durante uma partida. Nascido no ano de 1913, Fernandinho praticamente cresceu junto com o Flamengo fundado em 1895, mas que só foi ter um departamento de futebol, criado no ano de 1911.

Publicidade

Fernandinho viu a conquista de vários títulos importantes, e fez sua história no time do Flamengo. O velório do ex-goleiro do rubro-negro, aconteceu no mesmo dia de sua morte, na capela 5 do cemitério João Batista, sendo sepultado às 15h30. Mesmo não estando mais entre nós, seus feitos e suas histórias estarão sempre viva.

Publicidade
Publicidade
Publicidade