in

Após desmanche, Andrés é ameaçado pela Gaviões e dá resposta

O presidente Andrés Sanchez acabou negociando recentemente o meio-campista Rodriguinho, que era o maior craque com a camisa corintiana nesta temporada – e também nas passadas, pois apresentou um poder decisivo muito grande nas competições, inclusive sendo o principal jogador do Timão no título do Campeonato Paulista.

Publicidade

Mas não foi só a venda do principal atleta do elenco que acabou irritando a torcida, mas também as vendas de outros três titulares: o zagueiro Fabián Balbuena, o segundo-volante Maycon e também o lateral-esquerdo Sidcley, que pertencia ao Atlético Paranaense, mas a torcida entende que a diretoria poderia ter feito uma proposta melhor para segurá-lo no Timão.

Agora, a torcida corintiana vem ficando muito revoltada. Com isso, a maior torcida organizada do Timão, a Gaviões da Fiel, acabou ameaçando o presidente Andrés Sanchez de fazer um protesto no CT da equipe, caso o presidente não se pronunciasse sobre o desmanche que ocorreu.

Publicidade

Após esta ameaça de protesto chegar aos seus ouvidos, o presidente do Timão resolveu marcar uma entrevista coletiva para se pronunciar sobre o que aconteceu (tantas vendas), sendo que os torcedores entendem que Rodriguinho deveria ser vendido por um preço bem maior do que o divulgado.

Publicidade

No entanto, a diretoria do Timão vem sendo acusada de diversas coisas, inclusive de maquiar os valores das transferências. Porém não tem nada comprovado que isto tenha acontecido e a resposta que se espera do presidente do Timão é que cite o problema financeiro que o Alvinegro de Itaquera vem vivendo. Por conta disso, já havia afirmado que nenhum jogador do elenco estaria à venda, pois o time não tem condições de ficar segurando atletas.

Publicidade

A dívida do Timão é de quase R$ 2 bilhões, é por isso que cada venda é importante.

Publicidade
Publicidade
Publicidade