in

Polícia revela detalhes do crime do falso radiologista: ‘Vendava a criança durante o exame’

De acordo com o portal G1, um rapaz foi preso nesta quarta-feira (18) em uma clínica odontológica. O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo está apurando o caso. Ele foi detido por abusar de duas meninas de 12 anos. Seu nome é Gabriel Chessa e a clínica fica na Zona Sul de São Paulo.

Publicidade

A clínica fica no Ipiranga e não abriu nesta quinta-feira (19) e ninguém foi encontrado para falar do caso. O delegado Julio César de Almeida Teixeira, que está cuidando do caso, disse que o suspeito, que tem apenas 19 anos, entrou em contradição várias vezes durante o depoimento.

Segundo o delegado, Gabriel deu muitas desculpas, contando várias versões do mesmo assunto, perdendo a credibilidade e deixando claro que ele estava mentindo. As vítimas por sua vez contaram versões parecidas. Elas entraram sozinhas para fazer o exame e as mães delas foram impedidas de entrar na sala.

Publicidade

Gabriel alegou que elas não podiam entrar, pois não havia colete contra radiação. Elas sofreram o abuso enquanto faziam o molde dos dentes, pois ele vendava a criança durante o exame. Uma das meninas contou a mãe o que ocorreu somente 15 dias depois de ter ido ao consultório.

Publicidade

Uma mãe que fez a denúncia do falso técnico disse que a filha saiu nervosa da sala de exame dizendo que sofreu abuso e queria sair naquele momento, o mais rápido possível. A polícia apreendeu o celular do suspeito para fazer a quebra do sigilo telefônico.

Publicidade

Ele foi indiciado por abuso de vulnerável e exercício ilegal da profissão e segue preso preventivamente para a conclusão das investigações. As meninas foram periciadas e liberadas em seguida. A mãe de uma delas afirma que a filha está com muita raiva e teme que ela perca a pureza e deseja que Gabriel continue preso.

O Conselho de Técnicos em Radiologia confirmou que Gabriel Chessa não tem registro profissional e a clínica onde ele trabalhava vai ser investigada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade