in

Bebê tem hipotermia após ingerir solução nasal enquanto seus pais dormiam

Um simples frasco de solução nasal que pode ser comprada sem receita médica e que são vendidas em farmácias de todo o país para alívio do nariz congestionado pode ser capaz de matar uma criança por hipotermia. O caso não é recente, mas é um alerta aos pais.

Publicidade

João, de 1 ano e 11 meses, que mora em Niterói, no Rio de Janeiro, foi uma das vítimas desse produto aparentemente inofensivo e comum na vida das pessoas. Maria, a mãe do menino contou em entrevista a uma revista que seu filho colocou o vidro do produto no nariz e na boca e ingeriu o conteúdo. Ele pegou o frasco logo após seu marido usar, colocar na cabeceira da cama e eles adormecerem.

Os pais ficaram observando a reação do menino e por não acharem nada anormal não deram importância ao caso. Porém, minutos depois o menino começou a ter calafrios, a pele a arrepiar e ele ficou gelado caindo em sono profundo e ficando imóvel. “Durante todo o trajeto para o hospital eu tentava acordá-lo”, diz a mulher.

Publicidade

O pediatra de plantão que atendeu o menino disse que a família teve muita sorte. A criança estava desmaiada, com hipotermia e a temperatura em torno de 34ºC e a pressão 8 por 4, caso o pai não tivesse visto a tempo, o pior poderia ter acontecido.

Publicidade

O menino foi rapidamente pulsionado, tomou soro e ficou em observação por cerca de seis horas. O pânico foi muito grande, mas por causa do atendimento rápido não teve maiores complicações.

Publicidade

Maria Inês Nantes, pediatra do Hospital da Criança, diz que mesmo sendo um medicamento comum e vendido sem prescrição médica, não deixa de ser um remédio e este precisa estar sempre fora do alcance das crianças.

Publicidade
Publicidade