in

Milagre? Bebê de dois meses cai do segundo andar e sobrevive

Um caso raro chamou a atenção da população da cidade de Cariacica, localizada no estado do Espírito Santo, que fica a 42 Km de Vitória, capital capixaba. Um bebê com apenas dois meses de vida despencou do segundo andar de uma casa e milagrosamente sobreviveu.

Publicidade

De acordo com o portal de notícias, 'G1', o bebê identificado como Murilo dos Santos Carlos, que tem 60 dias de vida, caiu de uma altura aproximada de 8 metros, segundo as informações colhidas pela reportagem, o acidente aconteceu na casa onde a criança mora, na Rua São José, no bairro Piranema, em Cariacica, na Grande Vitória. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (16).

Planta milagrosa

A mãe de Murilo, identificada como Larissa dos Santos, de 19 anos, contou que o berço do bebê fica no segundo andar da casa onde vivem, ele acordou chorando e sua sobrinha de 9 anos resolveu pegá-lo no colo, ela se aproximou da janela e acabou deixando o garotinho cair depois de se desequilibrar. 

Publicidade

Ainda de acordo com Larissa, seu filho foi salvo por uma planta que amorteceu a queda antes que ele batesse no chão, no quintal do vizinho. Todos entraram em pânico, a sobrinha desceu a escada gritando que o bebê havia caído da janela, a avó do garotinho correu para acudi-lo e acabou desmaiando por causa do susto. Larissa ficou em estado de choque, mas felizmente Murilo não ficou ferido gravemente.

Publicidade

O vizinho da família socorreu o bebê e o levou ao Hospital Infantil de Vitória. Lá, Murilo foi atendido e permanece em observação, mas fora de perigo. A mãe chegou a ser levada para a delegacia, onde assinou um termo circunstanciado e foi liberada.

Publicidade

A família acredita que Murilo está vivo graças a planta que o acolheu quando ele caiu e a Deus, por não ter permitido que algo pior acontecesse. A mãe do bebê está mais tranquila e feliz por ver seu filho se recuperando. “Fiquei sem reação, achei que ia ficar sem meu filho. Ele está bem. Fez exames e os médicos estão examinando toda hora, mas ele já mamou e sorriu, estou mais tranquila", contou Larissa.

Publicidade
Publicidade