in

Pai faz alerta grave: ‘perdi minha bebê porque uma visita não lavou as mãos ao segurá-la’

A chegada de um bebê é sempre um momento muito especial para toda a família. Todos ficam vivem com grande entusiasmo e os pais, principalmente os de ‘primeira viagem’ experimentam uma gama de sentimentos, um misto de ansiedade e medo.

Publicidade

No entanto, alguns detalhes devem ser observados pela família, após a chegado da criança ao lar. Vários cuidados precisam ser tomados para evitar que a criança não seja exposta a vírus e bactérias, afinal o recém-nascido ainda não tem o sistema imunológico preparado para combater doenças.

Visando esse tipo de cuidado, um pai que sofreu com a perda de seu bebê decidiu usar as redes sociais para fazer um grave alerta. O desabafo de Jeff Gober viralizou na internet e ascendeu um sinal vermelho para que os pais fiquem alertas as visitas recebidas pelos pequenos nos primeiros dias de vida.

Publicidade

A pequena Mallory, morreu depois de ter contraído o vírus da herpes simplex, também conhecida popularmente como herpes labial.

Publicidade

Segundo o pai da bebê, a filha não teve contato direto com uma pessoa que estivesse como o vírus ativo nos lábios e também não teria sido beijada por outra pessoa. Jeff afirma que a filha pegou a doença por causa de um simples detalhe que a maioria das pessoas esquecem de fazer ao ter contato com um recém-nascido que é lavar as mãos.

Publicidade

O pai afirmou em sua rede social que demorou um tempo para conseguir escrever sobre o assunto. Por causa do sofrimento que vem passando, decidiu que faria o alerta para evitar que outros pais passem pela mesma dor que ele está sentindo.

“Se você tem um bebê novo ou terá que cuidar de um bebê novo, lave suas mãos, MUITO!”, escreveu Jeff. Ele ainda disse que se alguém deseja segurar a criança é melhor garantir que tenha lavado as mãos primeiro.

Essa doença é muito comum, mas a maior parte das pessoas que tem o vírus não apresentam sintomas e muitas vezes sequer sabem que tem a doença. Porém, para os bebês pode ser algo fatal, como aconteceu com a pequena Mallory.

O pai ainda conta que as pessoas imaginam que alguém com o vírus tenha beijado a menina, mas eles não permitiam que ninguém a beijasse. No entanto, mesmo assim a pequena pegou o vírus com apenas uma semana de vida. Jeff ainda relata que viu a filha morrer lentamente durante duas semanas.

Ele ainda conta que a bebê não tirava as mãos da boca e estava sempre chupando os dedinhos. Por isso a probabilidade maior é que a pequena tenha adquirido o vírus após alguém que não tenha lavado as mãos tenha entrado em contato com ela.

Publicidade
Publicidade