in

Pais precisam fazer primeira e última festa de aniversário para o filho; motivo é triste e comovente

Nenhuma família tem que passar por algo tão triste que é ter que fazer apenas um aniversário em toda a vida de seu filho, porém é isso que está vivendo o casal Sheryl e Jon Blanksby. O motivo para ter que fazer isso é triste e está comovendo a todos que conhecem essa história.

Publicidade

O bebê Thomas, que tem apenas 11 semanas de vida nasceu com graves problemas de saúde, a começar por uma pequena lesão de pele que mais parecia uma marca de nascença. Porém, esse pequeno detalhe era na verdade o começo de um pesadelo que eles jamais quiseram viver. A verdade veio a tona e o diagnóstico médico confirmou algo terrível, um tumor rabdoide maligno.

“Há lágrimas e muita dor por perder alguém que você ama muito. Nós fazemos filmagens constantes dele, olhamos e beijamos muito ele”, diz a mãe em uma entrevista para o Daily Mail Austrália. O pior a entender dessa história é que quando o menino nasceu não tinha nenhuma dor ou qualquer coisa que pudesse identificar algum problema tão grave quanto esse.

Publicidade

O que deixa os pais mais angustiados é não terem conhecimento de quando o pior pode acontecer, e para poder compensar isso eles tentam aproveitar ao máximo o tempo que eles podem passar ao lado de Thomas, como sua primeira e única festinha de aniversário.

Publicidade

Os pais deixam uma mensagem há todos que se fecham em seu pequeno mundo de problemas e pensam somente sem suas coisas pequenas e sem importância, se esquecendo de agradecer pelas coisas que há vida dá. Eles finalizam dizendo que é preciso viver com propósito, agradecimento e amor.

Publicidade

Ela escreveu: "É com imensa tristeza que compartilhamos que ontem à noite, 8 de maio de 2017 às 730pm cresceram as asas de anjo do nosso nosso #pequenoguerreirothomas", escreveu Blanksby em um post no Instagram.ao confirmar que seu filho tinha partido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade