in

Dilma confirma presença nas eleições 2018: ‘O cargo que ela quer disputar vai te impressionar’

A ex-presidente da República, Dilma Rousseff, é muito criticada por parte dos brasileiros e também adorada por muitos, com isso a mesma deseja aproveitar esta popularidade que tem para se candidatar a algum cargo eleitoral e voltar a política nacional.

Publicidade

A petista apoia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa da presidência da República, com isso a mesma já dispensa tentar voltar ao maior cargo do poder executivo, por mais que tenha ganhado duas vezes a disputa eleitoral para conseguir o cargo e só saiu com o Impeachment, sendo acusada de cometer pedaladas fiscais.

Com uma queda muito grande, o Partido dos Trabalhadores (PT) deseja se reerguer e voltar ao cenário nacional com diversos representantes no governo nacional, assim como já teve quando Lula assumiu o comando do país entre 2003 até 2010, e posteriormente a Dilma assumiu até 2016, sendo que seu segundo mandato iria até 2018, porém foi impedida.

Publicidade

Além de Lula tentar se candidatar para a presidência, por mais que juristas entendam que ele está inelegível ao cargo, por estar preso, agora a Dilma confirmou que estará presenta na disputa das eleições neste ano, como candidata à Senadora da República, pelo estado de Minas Gerais.

Publicidade

A estratégia do PT é utilizar como base que, em 2014, quando Dilma enfrentou a disputa pelo seu segundo mandato, ela ganhou de Aécio Neves no estado de Minas Gerais, onde o Aécio era senador, com isso o partido entendeu que Dilma ganharia fácil do peessedebista no estado.

Publicidade

Vale ressaltar que nas eleições de 2014, o único estado que Dilma ganhou fora do Norte e Nordeste foi em Minas Gerais, assim conseguindo conquistar as eleições por um diferença mínima de apenas 2 milhões de votos, considerado muito pouco para uma decisão em segundo turo no cenário nacional eleitoral.

Publicidade
Publicidade
Publicidade