in

Câncer de Ludmila Ferber é um dos mais perigosos e mortais; saiba mais

Ludmila Ferber foi diagnostica com câncer no mês de maio e pegou seus seguidores de surpresa. Na época, a pastora não deu detalhes sobre qual era o tipo que enfrentava, mas agradeceu todo carinho que recebeu desde que falou da doença que começaria a enfrentar.

Publicidade

Dona de uma grande fé, a pastora disse aos fãs que já estava no caminho de seu milagre e ressaltou que o ritmo de viagens para ministrar a palavra de Deus diminuiria, mas que não deixaria de fazer, completou assegurando aos fiéis que seu ministério não iria parar, assim como sua vida também não parou e nem pararia.

Apenas recentemente Ludmila resolveu dividir com fãs qual tipo de câncer enfrentava, durante um evento em Brasília. A cantora gospel abordou o assunto e contou que estava com câncer no pulmão e, se mostrando confiante, a pastora enfatizou com muita fé que nada calaria a sua adoração e tampouco o seu fôlego de vida.

Publicidade

O câncer de pulmão que a pastora enfrenta é um dos mais perigosos segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). A doença tem uma taxa de sobrevida média cumulativa total em cinco anos, variando entre 13% e 21% nos países desenvolvidos e entre 7% e 10% em países ainda em desenvolvimento.

Publicidade

Ludmila Ferber tem recebido o apoio dos fãs e de famosos que prestam solidariedade à cantora, como foi o caso de Marília Mendonça que gravou uma canção da pastora e publicou em seu Instagram. A música escolhida foi 'Nunca Pare de Lutar' e em apoio à Ludmila, Marília escreveu: 'Em tempos de guerra, nunca pare de lutar", fazendo referência à canção.

Publicidade

A pastora não parou com seu trabalho de edificação pelas igrejas do Brasil, e como já foi noticiado aqui na 1News, em uma de suas últimas ministrações, Ludimila Ferber apareceu bem debilitada e sentada para dar continuidade ao seu trabalho de pastorear. A cantora gospel vem passando pela etapa das quimioterapias e radioterapias, um tratamento muito forte e é natural que ela se sinta fadigada em algumas atividades. Ludmila continua o tratamente e mantém firme o seu trabalho recendo o carinho e as orações enviandos de todo Brasil.

Publicidade